FECHAR MAPA

Fundação CEBI

Marcos Históricos – As origens e dinâmica própria da Fundação CEBI são indissociáveis da figura do seu principal impulsionador: José Álvaro Vidal. Personalidade ímpar, com uma extraordinária visão e capacidade empreendedora, tem a sua história de vida intimamente ligada à [&hellip

  • Telefone(s)
    219 589 130
    Mencione sempre que o contato foi feito através do Portal Alverca. Obrigado.

  • Telemóvel

  • E-mail
    geral@fcebi.org

  • Fax
    219 589 145

  • Horário

  • Website
    http://www.fcebi.org/

  • Descrição

    Marcos Históricos – As origens e dinâmica própria da Fundação CEBI são indissociáveis da figura do seu principal impulsionador: José Álvaro Vidal. Personalidade ímpar, com uma extraordinária visão e capacidade empreendedora, tem a sua história de vida intimamente ligada à obra que sonhou. Esta é hoje continuada pelo Conselho de Administração, garante da prossecução do mito fundador numa moderna organização virada para o futuro.
    – Eis aqui alguns dos marcos centrais que lembram o caminho até agora percorrido.
    – 1968 – A 25 de Novembro de 1968 teve início o Jardim-de-infância da Paróquia de S. Pedro de Alverca. Abriu com 4 crianças, acompanhadas por colaboradoras em regime de voluntariado.
    – 1974 – A 31 de Janeiro de 1974 foi publicado no “Diário de Governo” o estatuto do Centro de Bem Estar Infantil de Alverca do Ribatejo, como instituição particular de assistência de tipo associativo.
    – 1982 – O CEBI – Centro de Bem Estar Infantil de Alverca (IPSS) passou a ter por objectivo contribuir para a promoção e auxílio da população da Freguesia de Alverca. De uma intervenção de natureza exclusivamente socioeducativa, passou-se à intervenção comunitária.
    – 1983 – Iniciou-se o apoio no Clube de Jovens a adolescentes que frequentavam o ciclo preparatório das escolas da região. Na década de oitenta a Instituição passou a ter Serviço de Apoio Domiciliário e Centro de Dia. Foi ainda criado um Serviço de Fisioterapia acessível à população da região, alargando a intervenção aos domínios da saúde.
    – 1990 – Numa perspectiva de educação integrada, global e contínua o CEBI iniciou em 1990 as actividades do Externato-CEBI, leccionando o 1º Ano do 1º ciclo do Ensino Básico.
    – 1991 – A funcionar desde o ano de 1991, o Lar para Idosos dispõe de cinco andares está dotado de excelentes instalações e pessoal qualificado, ao dispor da comunidade.
    – 1992 – A instituição alterou a sua designação social para CEBI – Centro Comunitário de Alverca do Ribatejo.
    – 1995 – Após um longo processo de transformação, a 25 de Novembro de 1995, a CEBI foi constituída como Fundação. Nesse mesmo ano nasce também o Centro de Emergência Social.
    – 1999 – O falecimento de José Álvaro Vidal, protagonista do principal impulso fundador da actual Fundação CEBI, a 12 de Junho de 1999, interrompeu abruptamente a sua dinâmica empreendedora, o que foi profundamente sentido pela comunidade de todos os que se reconhecem nas linguagens do altruísmo e da filantropia. Em sua homenagem é atribuído o nome de José Álvaro Vidal ao Colégio.
    – 2002 – A 3 de Junho, no concelho de Mafra, freguesia da Ericeira, abre o Centro de Recursos da Ericeira. O equipamento localiza-se em Fonte Boa dos Nabos, numa quinta de 16 000 m2, propriedade da Fundação. O Edifício é rodeado de espaços verdes e está distribuído por três pisos, oferecendo respostas sociais nas áreas da educação e acção social.
    – CEBI – Fundação para o Desenvolvimento Comunitário – Instituída sem qualquer fim lucrativo, a Fundação Cebi dirige as suas actividades para as crianças, jovens, idosos e famílias, com particular atenção para os mais desfavorecidos e socialmente excluídos, com o objectivo central de participar no desenvolvimento integral da comunidade. A natureza da sua intervenção no desenvolvimento comunitário é pautada pelos valores e princípios do Humanismo. – Património – Desde 1968 e até esta parte, a Fundação constituiu um património na ordem dos vinte milhões de euros, em instalações para creches, jardins-de-infância, lares de terceira idade, clínica e escolas que apoiam diariamente cerca de três mil famílias.Embora contando com apoios do Estado e de outras entidades públicas, a actividade social da Fundação CEBI é financiada sobretudo a partir do Mecenato Social e do pagamento dos serviços prestados.
    – Principais áreas de Intervenção Educação
    – A Educação, nas suas múltiplas vertentes, tem-se constituído como um importante pólo aglutinador das actividades da Fundação Cebi.
    Em 1999 é atribuído o nome de Colégio José Álvaro Vidal ao conjunto da oferta educativa da Fundação. Permeado pelos valores humanistas na educação, este colégio privilegia a qualidade do ensino, o bem-estar e a segurança das cerca de 1650 crianças e jovens que o frequentam, do berçário ao 3.º Ciclo de ensino. Este colégio oferece, ainda, quase 30 actividades de enriquecimento curricular e colónias de férias.
    – O Colégio encontra-se certificado pela norma EN ISO 9001:2000Saúde
    – A Clínica de Medicina Física e Reabilitação da Fundação Cebi disponibiliza um conjunto alargado de tratamentos, das consultas de Fisiatria e Mesoterapia aos tratamentos de Fisioterapia, Terapia da Fala e Terapia Ocupacional, bem como, Análises Clínicas e Terapia por Ondas de Choque, tratamento inovador no nosso concelho.Apoia ainda os utentes do Departamento de Acolhimento e Apoio a Idosos, as crianças do Centro de Emergência Social e os alunos do Colégio José Álvaro Vidal. São 350 atendimentos/utentes por dia e 4000 utentes por ano.
    – A clínica encontra-se certificada pela norma EN ISO 9001:2000 Centro de Emergência Social
    – Em funcionamento desde 1995, o Centro de Emergência Social (C.E.S.) destina-se a acolher temporariamente crianças dos dois sexos, com idades até aos 12 anos, que se encontrem em situação de risco, face à qual urge uma intervenção. Em média, por ano, acolhe e acompanha 41 crianças. As crianças chegam ao C.E.S. sinalizadas pelos Tribunais de Família e Menores, Comissões de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, Instituto de Solidariedade e Segurança Social, Hospitais, entre outros. Aqui se desenham projectos de vida para essas crianças, que podem passar pelo regresso à família biológica ou pela adopção. Até à presente data, já passaram pelo CES mais de 400 crianças.
    – O C.E.S. encontra-se certificado pela norma EN ISO 9001:2000 Gabinete de Intervenção Social
    – O Gabinete de Intervenção Social está organizado e orientado, por um lado, para a resolução dos problemas da comunidade local e, por outro, para responder a necessidades dos utentes e colaboradores da Fundação. Neste sentido, o seu objectivo fundamental, para além de permitir um novo impulso às metodologias de acção social da Fundação, é o de proporcionar respostas qualificadas e adequadas nas áreas de acção social, de psicologia e de desenvolvimento comunitário, através de uma equipa pluridisciplinar e flexível. Desenvolve um trabalho em permanente articulação com os restantes departamentos da Fundação, bem como, com outros Organismos:Instituto de Solidariedade e Segurança Social, o Instituto de Emprego e formação Profissional, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, o Instituto de Reinserção Social, as Autarquias, as Escolas, o Hospital e Centro de Saúde, Empresas, Instituições Particulares de Solidariedade Social – e com outros Agentes Sociais e Económicos locais. Tem, ainda, um serviço de ajuda alimentar que por ano distribuí, em média, 52 toneladas de géneros.
    Apoio a Idosos
    O Lar da Fundação Cebi constitui-se como uma resposta nos âmbitos do Acolhimento, Acompanhamento e Tratamento, face às solicitações de uma população diversificada. A funcionar desde o ano de 1991, é um equipamento com cinco andares dotado de pessoal qualificado, ao dispor da comunidade, composto por um espaço destinado à animação e ludoterapia, denominado por “Jardim de Inverno”, um ginásio para fisioterapia, um salão de cabeleireiro e ainda uma capela. Acolhe 90 idosos em regime de internamento, mas, no total, apoia sensivelmente 262 idosos com as ofertas de Centro de Dia, Apoio Domiciliário e CATEI.
    Gabinete de Estudos e Projectos
    Os novos desafios, que se colocam à actividade da Fundação CEBI, decorrentes, designadamente, das modificações da situação económico-social do País, originaram crescentes dificuldades à Comunidade, impondo a adopção de novos padrões de organização e práticas de gestão. É neste contexto que se desenvolve a actuação do GEP - Gabinete de Estudos e Projectos, que tem como objectivo contribuir para a operacionalização da estratégia de melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados pela Fundação. Assim, desenvolve uma actuação transversal, articulando os seus serviços com os restantes Departamentos e realizando acções de parceria, com os diferentes agentes económicos e instituições públicas, que possam contribuir para reforçar a sua capacidade de intervenção social e a sua estrutura financeira.
    Centro de Recursos da Ericeira A criação do Centro de Recursos da Ericeira – CRE – é fruto do crescimento da Fundação CEBI, enquanto instituição e organização de apoio ao indivíduo, família e comunidade. O CRE encontra-se no concelho de Mafra, freguesia da Ericeira, mais propriamente em Fonte Boa dos Nabos, numa quinta de 16 000 m2. O Edifício é rodeado de espaços verdes e está distribuído por três pisos.
    Foi oficialmente inaugurado a 3 Junho de 2002 pela Dona Maria José Ritta e pelo Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Engenheiro José Maria Ministro dos Santos. Este equipamento surgiu, assim, para ajudar a colmatar algumas das necessidades do Concelho de Mafra, nomeadamente no apoio à Infância, Famílias em Risco e Idosos. As práticas de intervenção baseiam-se num modelo ecológico e sistémico, sendo os agentes da comunidade parte integrante no processo de intervenção com essa população. Assim, têm sido desenvolvidas parcerias com diferentes agentes da comunidade, que visam uma maior articulação dos recursos da própria comunidade em que se encontra o equipamento. No total, o centro de recursos acolhe 44 crianças entre creche e pré-escolar e 20 idosos entre Residência Assistida, CATEI e Centro de Dia e 14 pessoas em Comunidade de Inserção.
    Saúde Mental
    O gabinete de Saúde, cuja actividade se iniciou em 2006, resultou da parceria surgida no contexto de uma excelente e antiga relação entre o Hospital Júlio de Matos e a Fundação CEBI. As actividades deste serviço centram-se nas consultas de Psicologia e de Psiquiatria. Em 2007 realizaram-se já 662 consultas.


SE A INFORMAÇÃO MOSTRADA ESTIVER INCOMPLETA, INCORREÇÕES OU PRETENDE ATUALIZAR ALGUM DADO ENVIE UM EMAIL PARA geral@portalalverca.com, AS ALTERAÇÕES FICARÃO DISPONÍVEIS EM 24 HORAS.

  • Partilhar este post:
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg

5 Comentários

  • ola boa noite eu mandei uma carta na semana passada ai pr anulaçao de uma marticula , mas ate hj ainda nao recebi alguma resposta da vossa parte , eu patricia fernandes , o menino que na marticula é rodrigo alxandre lopes fernandes , gostava de saber alguma resposta pq ja paguei a marticula , agora nao sei o posso fazer , vou meter a marticula no irs que vem nem sei se fui aceite anulaçao . obrigado sem mais assunto , obrigado fico a espera de alguma resposta

  • Olá soube da V. existência hoje no programa da manhã da TVI e fiquei com tanta pena do menino que pensei como gostaria de ajudar de alguma forma com o meu tempo, tenho 3 filhos e não posso adotar porque as despesas são muitas mas se puder contribuir de alguma forma ficaria muito feliz, gostaria tb se fosse possivel dar um abraço ao menino da reportagem e dizer-lhe como é lindo e especial. Aqueles senhores não deveriam adotar nenhuma criança nem um cão porque talvez o abandonassem! como se pode fazer isso? tenho um Sérginho com 10 anos, a Leonor com 2 e o Martim com 3 meses, posso ser “mãe” de acolhimento? Bem hajam

    Julieta Marques

  • fui au cebi e uma ver gonha ver porteiros fardados e um nao esta fardado nao sabemos se e porteiro do cebi nao se encontra fardado tenho o meu filho no cebi o porteiro nao tem endificaçao nenhuma

  • tenho o meo filho no cebi veijo um porteiro fardado i vijo um homem na portaria nao sei se e porteiro se que e porteiro todos os porteiros do cebi estao fardados so a quele e que nao

  • RECLAMAÇÃO fisioterapia cebi atendimento personalisado atendimento a um utentente mais de meia hora ate deu para a rececionista ser rendida pelo colega hora de almoço enquanto o outro utente ( a minha propria pessoa) á espera em pe ( com uma ciatica deve ser para melhorar mais depressa )as quadeiras eram muitas para nao dizer do mostrador com os numeros virados para a receção , é obvio é na receção que é necessario visualizar para saber qual o numero seguinte .
    a boa tarde não existe são muito bem educados. mas nem tudo e mau no principio de agosto fui bem atendido quando chegou a hora da consulta aconteceu o atendimento personalizado

Comentar


Pode gerir as subscrições deste artigo.
What is 3 + 8 ?
Please leave these two fields as-is:
Bloqueio anti-spam.
MAIS EM Contatos Úteis (33 DE 63 ARTIGOS)

Receba todas as nossas atualizações via Facebook. Clique no botão GOSTO...

Powered By Pubér!ia

Contatar Empresa | Fechar